sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Quanto custa este estádio do Corinthians ?

             Que a gente já desconfiava dos valores colocados nos estádios da copa não era novidade,  mas que os valores são um verdadeiro absurdo, agora que temos certeza.

                     A Juventus ou melhor os dirigentes do clube Italiano, que até não são um verdadeiro exemplo para o futebol, acabaram de inaugura em Turim o primeiro estádio particular entre os clubes que são chamados grandes, (na Itália a maioria dos estádios são dos estados ou das prefeituras), mas o que esta acontecendo aqui no Brasil, em relação aos estádios da copa é uma verdadeira barbaridade.

                   O problema é que as empreiteiras, os presidentes de clubes, os deputados, os governadores a CBF todos envolvidos com a Copa, perderam a vergonha de cobrar verdadeiros absurdos para construir os estádios, tudo em nome da Copa de 2014.

               Como podemos ser levados a serio como nação, se não conseguimos realizar um grande evento sem que estas aberrações de valores nas obras acabem denegrindo nossa imagem.

                      Como um estádio em um país como a Itália foi construído com 1/3 do valor que vai custar o Itaquerão, só deus sabe o que acontece nos gabinetes e reuniões destes dirigentes e deputados e empreiteiras no Brasil.

                  Mas temos que ter vergonha deste bando e mostrar na copa que a grande maioria dos brasileiros não são assim, CARA DE PAU e SEM VERGONHA   

Ass: Gabriel Silveira 



09/09/2011 - 07h00

Itália apresenta nova arena mais barata do que o Itaquerão

RAFAEL REIS
DE SÃO PAULO 

Sem conquistar o "scudetto" desde o escândalo de manipulação de resultados que a levou para a segunda divisão e cassou seus dois últimos títulos, a Juventus apresentou na quinta-feira a sua maior aposta para voltar a honrar o posto de maior campeã italiana de todos os tempos.DE SÃO PAULO.

Um amistoso contra o Notts County, clube inglês que inspirou seu uniforme alvinegro listrado, marcou a inauguração da única arena particular da elite do Calcio.
A construção do Juventus Stadium, com capacidade para 41 mil pessoas e levantado sobre o antigo Delle Alpi, que pertencia à prefeitura de Turim, custou € 122 milhões (cerca de R$ 280 milhões).
Massimo Pinca/Associated Press
Fachada do novo estádio da Juventus; clique na foto e veja galeria
Fachada do novo estádio da Juventus; clique na foto e veja galeria
Trata-se de um valor ínfimo quando comparado ao do projeto do Itaquerão, que, para abrigar 7.000 torcedores a mais, projeta um custo quase três vezes maior: R$ 820 milhões, fora R$ 50 milhões que a prefeitura paulistana investirá para ampliar sua capacidade para a Copa-14.
Ao abandonar o padrão vigente de estádios públicos, a Juventus promete ampliar as receitas e apontar um caminho para a Itália afastar as crises financeira e técnica.
Após um atraso de duas semanas, devido a greve de jogadores, Milan, atual campeão, e Lazio inauguram a Série A, que começa hoje com clubes com caixas vazios e uma vaga a menos na Copa dos Campeões Ðo país foi ultrapassado pela Alemanha no ranking da Uefa.
Os italianos são dependentes das cotas pagas pela TV para a transmissão de suas partidas. No ranking dos times que mais faturam no mundo feito pela consultoria Deloitte, o Milan, primeiro do país, só aparece na sétima posição.
Giuseppe Cacace/France Presse
Queima de fogos na inauguração do novo estádio da Juventus; clique na imagem e veja galeria
Queima de fogos na inauguração do novo estádio da Juventus; clique na imagem e veja galeria
"A Itália é uma anomalia. Entre os grandes clubes europeus, as receitas vindas dos estádios representam entre 25% e 27% do total. Aqui, esse número é de 13%", afirmou o novo diretor comercial da Juventus, Francesco Calvo.
Segundo o dirigente, a arena privada irá aumentar em até € 32 milhões (R$ 73,5 milhões) o orçamento do clube para a próxima temporada.
O time de Turim, 27 vezes campeão italiano e cujo último título nacional válido é de 2003, já começou a lucrar com a nova casa. Parte do custo da obra foi bancado pela empresa que comprou o direito de negociar os "naming rights" da arena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário